Reiki auxilia na conquista do equilíbrio físico e emocional

“Muitos candidatos acreditam que a preparação para um concurso público vai muito além da interação com livros e apostilas. Alguns costumam procurar técnicas que auxiliem este processo, podendo ser com um psicológo, um hipnoterapeuta. Há aqueles que chegam a procurar terapias holísticas. Dentre essas está o Reiki, que é uma terapia alternativa/complementar redescoberta em 1922 pelo japonês Mikao Usui. É baseada na canalização da energia universal (rei)  com o objetivo de restabelecer o equilíbrio energético vital (ki) de quem a recebe e, assim, restaurar o estado de equilíbrio natural (seja ele emocional, físico ou espiritual); podendo promover saúde. Enquanto terapia, o Reiki é reconhecido pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como ação integrativa, complementar à atuação médica. E já existem até mesmo pesquisas em universidades brasileiras (USP e UnB, por exemplo), nas quais o seu uso é associado à cura de certas enfermidades.

Ele certamente não fará milagres na vida dos concurseiros, mas pode, sim, ajudá-los a relaxar e achar o ponto de equilíbrio físico e emocional durante a maratona de estudos e, principalmente, no dia da prova. De acordo com o reikiano Claudiney José Rosa, praticante há aproximadamente oito anos e atendente no Espaço Paz e Harmonia, na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), em Seropédica, o Reiki auxilia na concentração e na diminuição da ansiedade antes da prova, tendo, assim, mais foco nos estudos. “Nossos paciente são, na maioria, estudantes. Alguns são alunos de pós-graduação que fazem acompanhamento com o Reiki para ter mais foco na pesquisa, diminuir a ansiedade e adquirir mais calma para apresentar o trabalho à banca”, afirmou Claudiney.

Os pacientes que passaram pela salinha, como ele costuma chamar o espaço da sessão, escreveram em um livro aquilo que conquistaram durante o tratamento. Muitos relataram sobre a sensação de diminuição de estresse e ansiedade, principalmente durante o período de provas. Segundo Claudiney, não há contra-indicações. Ele já viu casos de mudança de vida por causa do Reiki. Pessoas em depressão encontraram novos estímulos na vida. Usuárias de drogas, como a cocaína, largarem os vícios e os remédios após o tratamento auxiliar. “A pessoa se sente mais saudável e harmoniosa consigo e com o mundo”, garantiu.

Como funciona?

O Reiki é recomendável como complemento para aumentar a eficácia de tratamentos à base de medicamentos. Mas, isoladamente, apresenta resultados positivos no tratamento de estresse, dores de cabeça, perturbações emocionais, como depressão, ansiedade e insônia, além de baixa auto-estima, falta de memória e criatividade. Todos estes sintomas comuns a muitos candidatos de concursos públicos – e fatores de alto risco para quem sonha em conquistar a vaga na esfera pública. Em linhas gerais, o termo reiki significa ‘energia vital do Universo’ ou ‘força da energia vital do Universo‘ A crença é de que tal energia pode ser canalizada e transmitida através das mãos.

A energia vital está em tudo o que vive e sua quantidade existente é ilimitada. Ao captá-la e transmiti-la, as carências físicas, mentais e espirituais do paciente são reduzidas. A energia vital permite que a pessoa se reconstitua pois ajuda ao reequilíbrio do organismo, purificando, desbloqueando emoções, reforçando e restabelecendo a energia no corpo, com o objectivo de proporcionar paz, bem-estar e equilíbrio. É devido à sua carência que, por vezes, surgem conflitos interiores e exteriores no nosso cotidiano.

O Reiki pode ser aplicado numa pessoa mesmo estando vestida com roupa confortável de material sintético, recomendando-se apenas o não uso de acessórios como relógios, pulseiras, cintos ou brincos. O mais importante é que a posição em que o paciente se encontra seja confortável. O terapeuta é o intermediário entre a energia e a pessoa que o recebe, não dando a sua própria energia nem sugando o do receptor, no entanto não consegue obrigar o receptor a receber a energia universal se o mesmo não a quiser receber consciente ou inconscientemente. As mãos do terapeuta percorrem os pontos dos chacras mais importantes do corpo. Aliado a este processo, podem ser adotados procedimentos complementares de transmissão da energia, por meio do olhar e de sopros.”

Fonte: Folha Dirigida – ed. eletrônica – 14/08/2012
http://www.folhadirigida.com.br/fd/Satellite/concursos/noticias-Preparacao-2000011050612/Reiki-auxilia-na-conquista-do-equilibrio-fisico-e-emocional-2000021249915-1400002102880

Anúncios
Publicado em Na Mídia, Reiki | Deixe um comentário

Hospital Santa Helena adquire ressonância magnética com cromoterapia

“Santa Helena adquire ressonância magnética com cromoterapia

Recurso baseia-se na utilização fibras óticas que mudam de cor durante o exame, que tem o intuito de proporcionar conforto e relaxamento ao paciente, e reduz a necessidade de uso de sedativos

A ferramenta baseia-se na utilização fibras óticas que mudam de cor durante o exame de ressonância, o que tem o intuito de proporcionar conforto e relaxamento ao paciente, e reduz a necessidade de uso de sedativosO Hospital Santa Helena adquiriu um novo equipamento de ressonância magnética que conta com o recurso da cromoterapia. A ferramenta baseia-se na utilização fibras óticas que mudam de cor durante o exame de ressonância, o que tem o intuito de proporcionar conforto e relaxamento ao paciente, e reduz a necessidade de uso de sedativos.

De acordo com a médica radiológica do Hospital Santa Helena, Carolina Leal Bonadio, crianças que ficam agitadas e pessoas claustrofóbicas, que têm medo de ambientes fechados, ficam mais calmas e serenas, na hora de fazer o exame.

Além disso, o equipamento tem a meta de trazer maior definição na captação visual das imagens e apresentar resultados diagnósticos mais rápidos. O aparelho realiza exames de todo o corpo e tem aplicação em várias especialidades médicas, em especial nas áreas de neurologia, cardiologia, ginecologia, neurocirurgia, otorrinolaringologia, ortopedia, entre outras.”

Fonte: Saúde na Web – ed. eletrônica – 07/08/2012

http://saudeweb.com.br/31836/santa-helena-adquire-ressonancia-magnetica-com-cromoterapia/

Publicado em Cromoterapia, Na Mídia | Deixe um comentário

Acupuntura e Reiki agora têm explicação científica

“Pesquisadores avaliam efeitos e mecanismo de terapias alternativas em animais de laboratório

por Bruna Bernacchio
Matheus Lopes Castro

Ricardo Monezi testou o Reiki em ratos com câncer (Ilustração: Matheus Lopes)

Pesquisas recentes comprovam efeitos benéficos e até encontram explicações científicas para acupuntura e reiki. Estudos sobre o assunto, antes restritos às universidades orientais, ganharam espaço entre pesquisadores americanos, europeus e até brasileiros. Recentemente, a Organização Mundial de Saúde (OMS) criou uma denominação especial para esses métodos: são as terapias integrativas.

Um artigo exmecanismo da acupuntura contra a dor foi publicado por pesquisadores da Universidade de Rochester na revista Nature Neuroscience em 30 de maio. Criada há quatro mil anos, a prática consiste na aplicação de agulhas em pontos do corpo. Pela explicação tradicional, ela ativa determinadas correntes energéticas para equilibrar a energia do organismo.

 Shutterstock

Reprodução/ Shutterstock

Cientificamente, as agulhas teriam efeitos no sistema nervoso central (cérebro e espinha dorsal). As células cerebrais são ativadas e liberam endorfina, um neurotransmissor responsável pela sensação de relaxamento e bem-estar. O estudo dos nova-iorquinos descobriu uma novidade: a terapia, que atinge tecidos mais profundos da pele, teria efeitos no sistema nervoso periférico. As agulhas estimulam também a liberação de outro neurotransmissor, a adenosina, com poder antiinflamatório e analgésico.

No experimento com camundongos com dores nas patas, cientistas aplicavam as agulhas no joelho do animal. Eles constataram que o nível de adenosina na pele da região era 24 vezes maior do que o normal e que houve uma redução do desconforto em dois terços.

A equipe tentou potencializar a eficácia da terapia, colocou um medicamento usado para tratar câncer nas agulhas. A droga aprimorou o tratamento: o nível de adenosina  e a duração dos efeitos no organismo dos aniamis praticamente tripliquase triplicou e o tempo de duração dos efeitos no organismo dos ratos também triplicou. Mas este método não poderia ser feito em humanos porque o medicamento ainda não é usado clinicamente. “O próximo passo é testar a droga em pessoas, para aperfeiçoá-la ou para encontrar outras drogas com o mesmo efeito”, diz Maiken Nedergaard, coordenadora do estudo.

Reiki

Seus praticantes acreditam nos efeitos benéficos da energia das mãos do terapeuta colocadas sobre o corpo do paciente contra doenças. Para entender as alterações biológicas do reiki, o psicobiólogo Ricardo Monezi testou o tratamento em camundongos com câncer. “O animal não tem elaboração psicológica, fé, crenças e a empatia pelo tratador. A partir da experimentação com eles, procuramos isolar o efeito placebo”, diz. Para a sua pesquisa na USP, Monezi escolheu o reiki entre todas as práticas de imposição de mãos por tratar-se da única sem conotação religiosa.

No experimento, a equipe de pesquisadores dividiu 60 camundongos com tumores em três grupos. O grupo controle não recebeu nenhum tipo de tratamento; o grupo “controle-luva” recebeu imposição com um par de luvas preso a cabos de madeira; e o grupo “impostação” teve o tratamento tradicional sempre pelas mãos da mesma pessoa.

Ricardo Monezi

Imposição de mãos nos grupos “Controle-Luva” e “Impostação”, respectivamente (imagens retiradas do mestrado de Monezi)

Depois de sacrificados, os animais foram avaliados quanto a sua resposta imunológica, ou seja, a capacidade do organismo de destruir tumores. Os resultados mostraram que, nos animais do grupo “impostação”, os glóbulos brancos e células imunológicas tinham dobrado sua capacidade de reconhecer e destruir as células cancerígenas.

“Não sabemos ainda distinguir se a energia que o reiki trabalha é magnética, elétrica ou eletromagnética. Os artigos descrevem- na como ‘energia sutil’, de natureza não esclarecida pela física atual”, diz Monezi. Segundo ele, essa energia produz ondas físicas, que liberam alguns hormônios capazes de ativar as células de defesa do corpo. A conclusão do estudo foi que, como não houve diferenças significativas nos os grupos que não receberam o reiki, as alterações fisiológicas do grupo que passou pelo tratamento não são decorrentes de efeito placebo.

A equipe de Monezi começou agora a analisar os efeitos do reiki em seres humanos. O estudo ainda não está completo, mas o psicobiólogo adianta que o primeiro grupo de 16 pessoas, apresenta resultados positivos. “Os resultados sugerem uma melhoria, por exemplo, na qualidade de vida e diminuição de sintomas de ansiedade e depressão”. O trabalho faz parte de sua tese de doutorado pela Universidade Federal do Estado de São Paulo (Unifesp).

E esses não são os únicos trabalhos desenvolvidos com as terapias complementares no Brasil. A psicobióloga Elisa Harumi, avalia o efeito do reiki em pacientes que passaram por quimioterapia; a doutora em acupuntura Flávia Freire constatou melhora de até 60% em pacientes com apnéia do sono tratados com as agulhas, ambas pela Unifesp. A quantidade pesquisas recentes sobre o assunto mostra que a ciência está cada vez mais interessada no mecanismo e efeitos das terapias alternativas.”

Matéria publicada na revista Galileu, Ed. de Junho/2012

Publicado em Na Mídia, Reiki | Deixe um comentário

Projeto de Lei regulamentará a profissão de Terapeuta Holístico

Tramita atualmente na Câmara dos Deputados, Projeto de Lei apresentado pelo deputado Giovani Cherini; é o Projeto de Lei nº 1297 de 2011, que cria profissão de Terapeuta Holístico e disciplina sobre o exercício profissional.

De acordo com a proposta apresentada pelo parlamentar será considerado terapeuta holístico, o profissional que atua nas áreas de acupuntura, moxabustão, shiatsuterapia, auriculoterapia, terapia ortomolecular, terapia antroposófica, apiteria, neuropatia, yogaterapia, quiropatia, osteopatia, eutonia, terapia quântica, cromoterapia, terapia ayurvédica, terapia floral, aromaterapia, osteopatia, terapia do toque (Reiki), magnetoterapia, reflexologia, psicoterapia, fitoterapia, homeopatia, terapias psicossomáticas, naturismo, hemoterapia, musicoterapia, terapia através da hipnose, terapias através da meditação, quiropraxia, terapia da respiração, iridologia, terapia reichiana, regressão, medicina indiana, medicina chinesa, bioenergia, osteopatia, massoterapia, tai-chi-chuan, hidroterapia, termais, radiestesia, geoterapia, qi gong, Do-In e chi kun.

A proposta do deputado Giovani Cherini também cria o Programa de Serviços de Terapia nas unidades de saúde e nos hospitais mantidos pelo Poder Público ou a ele conveniado. Só poderão atuar profissionais registrados em órgão competente.

Acesse a íntegra do projeto de lei:

http://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/prop_mostrarintegra;jsessionid=49FE4D40FC578D0586EEB8C5E426AAE9.node1?codteor=869850&filename=PL+1297/2011

Publicado em Legislação, Na Mídia | Deixe um comentário

Ciência e Meditação em Sintonia

Ciência e Meditação em Sintonia

Esqueça aquele jeito antigo de tratar a meditação. Nada de defini-la como uma prática “alternativa”- isso é um conceito ultrapassado. Hoje, ela tem o respeito da ciência e frequenta hospitais, classificadas agora como uma técnica complementar ou integrativa, parceira valiosa para o tratamento médico em várias áreas da saúde…

Meditar não é tentar esvaziar a mente”, diz Elisa Kozasa, e explica: “Meditação exige dedicação. Na prática de Mindfulness você é o observador, atento às imagens que aparecem na mente, sem se apegar ou distrair com elas.Isso ajuda a reconhecer seus padrões de pensamento. Refletir sobre essas imagens é uma segunda etapa, que pode conduzir ao aperfeiçoamento pessoa;”, diz a pesquisadora, um das pioneiras nas pesquisas sobre os efeitos de práticas contemplativas, em que se incluem técnicas oriundas de sistemas tradicionais, como a medicina chinesa e a indiana, acupuntura, reiki, ioga, massagens energéticas, relaxamento, entre outras, que trabalham a energia do nosso corpo, estimulando uma reação aos sintomas das doenças.”

“…A medicina integrativa surgiu nos Estados Unidos na década de 1970. Faz uso de todo tipo de terapia consagrada cientificamente, seja ela convencional ou complementar, unindo os conhecimentos da medicina tradicional oriental, com sua abordagem holística, e a ocidental, apoiada na produção científica e na tecnologia. Essa terapêutica aborda de forma integral o processo de cura, envolvendo mente, corpo e espírito. Acupuntura, reiki, ioga, meditação, orientação nutricional harmonizam a energia do nosso corpo, estimulando uma reação aos sintomas das doenças. As práticas meditativas são usadas como coadjuvantes no tratamento.”

*as imagens utilizadas foram tiradas do artigo da Bons Fluidos.

Fonte: Revista Bons Fluidos, Fev/2012
Matéria:
Ciência e Meditação em Sintonia

Publicado em Na Mídia, Reiki | Deixe um comentário

Benvindos ao meu espaço virtual!

Bem-vindos !!!

Este é o meu espaço virtual, onde desejo estar mais próximo de meus clientes e amigos.

Sinta-se à vontade para navegar neste site e conhecer mais a respeito das atividades que desenvolvo no sentido de auxiliá-lo a tornar-se um Ser mais integrado consigo mesmo, mais consciente de sua natureza e potenciais, mais equilibrado e centrado.

Entre em contato comigo e agende uma conversa. Estou pronto para auxiliá-lo no que for possível.

Sinta-se bem, em paz.

Forte abraço!

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário